Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Câmara defende fiscalização mais intensa ao comércio para evitar “lockdown”

Câmara defende fiscalização mais intensa ao comércio para evitar “lockdown”

por Aline Athila última modificação 12/05/2020 13h40
Outros requerimentos também agitaram a sessão

Na sessão desta terça-feira (12), os requerimentos com pedidos de informação foram o ponto alto das falas dos vereadores que defenderam o não fechamento de todo o comércio no município em virtude do Coronavírus.

A discussão foi motivada após a prefeita em exercício, Edna Aparecida, ter participado de uma reunião remota com o Governador Ronaldo Caiado que pretende aderir a um isolamento intermitente, o qual intercala interrupção de atividades comerciais mais rigorosas com leves, no Estado.

Os vereadores de Luziânia se posicionaram pelo não fechamento completo, mas com uma fiscalização mais intensa sobre os comerciantes e pessoas que estão descumprindo os decretos municipais.

Outro requerimento que rendeu debates foi a doação de um terreno com galpão a empresa Rio Sul do grupo JP Moinhos que deverá gerar mais de 180 empregos no município. O documento é de autoria do presidente Felipe do Mandu e foi subscrito pelos demais vereadores. O advogado do empreendimento estará na próxima sessão para retirar dúvidas dos parlamentares sobre a idoneidade da empresa e seus objetivos.

Quanto as demais solicitações aprovadas, de autoria da Diretora Ana Lucia, estão informações sobre alocação e terceirização de veículos, prestação de assessoria contábil para o Fundo Municipal de Finanças e finalmente a destinação de quase 170 mil reais gastos com a compra de material hospitalar que envolve, entre outros, equipamentos de proteção individual (EPIs) e álcool em gel.

Segundo a parlamentar e a Professora Jaqueline Cristovão, que em outra ocasião também fez a mesma solicitação, os materiais não têm chegado aos profissionais de saúde do município.

Sobre os projetos entraram em primeira discussão e votação dois de autoria do Poder Executivo com o seguinte teor:

 “Autoriza a Abertura de Crédito Orçamentário de natureza adicional e/ou especial, na forma que especifica e dá outras providências”.

 “Altera a Lei Municipal nº 2.164 de 18 de junho de 1998, para organizar o Fundo Especial Municipal para a fração do Corpo de Bombeiros, Revoga a Lei Municipal nº 2.218 de 28 de dezembro de 1998, e dá outras providências”.

Após a leitura, os projetos foram encaminhados a Comissão de Finanças e Orçamento. Também foram recebidas e despachadas as seguintes proposituras:

De autoria da vereadora Diretora Ana Lucia que “Institui medidas de saúde pública e higiene em locais de acesso público com a instalação de torneiras automáticas e dá outras providências”.

De autoria da vereadora Valdirene Tavares “Institui no município ações que promovam a inclusão das pessoas com deficiências intelectual e múltipla e dá outras providências”.

Continuem acompanhando o trabalho do seu vereador pelas suas redes sociais.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

E-mail Legislativo

Mídias Sociais

  

Canal da CML

banner youtube

Este é o canal da CML no youtube. Inscreva e ative o sino das notificações para acompanhar a sessão ao vivo todas as terças e quintas a partir das 9h. 

« Dezembro 2021 »
month-12
Do Se Te Qu Qu Se Sa
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1
SAPL