Professor Rubão quer primeiros socorros nas creches

por Imprensa CML — última modificação 21/06/2017 10h31

Por unanimidade, vereadores aprovaram, na sessão desta terça-feira (20), o projeto de lei (PL), de autoria do Prof. Rubão (PPS), que institui a obrigatoriedade de curso de primeiros socorros a todos os funcionários de “creches” instaladas no município.

A medida busca fornecer subsídios para realização de atendimentos de forma mais segura e eficaz a fim de preservar a vida e a saúde das crianças e adultos presentes no ambiente escolar.

Na justificativa do PL, o vereador aponta que por meio da capacitação emergências ocasionadas por acidentes, lesões, asfixia, paradas cardíacas, entre outras poderão salvar vidas e evitar complicações.

A iniciativa destina-se a todas as creches municipais da rede direta, indireta e particular conveniada ao município. Os cursos serão ministrados por entidades especializadas, policiais militares, bombeiros ou equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Quem descumprir a lei arcará com advertência, multa e cassação do alvará de funcionamento.

Dados fazem alerta

As estatísticas de acidentes que envolvem crianças especificamente dentro do ambiente escolar em nosso país são imprecisas, mas é sabido que 70% das mortes em crianças menores de 1 ano ocorreram por sufocação e 34% das crianças de 1 a 4 anos por afogamento.

Dados da ONG Criança Segura apontam que no ano de 2014 foram registradas 122 mil hospitalizações por acidentes com meninos e meninas de zero a 14 anos e, destas hospitalizações 47% tiveram como causa quedas, 16% queimaduras e outros 21% estão relacionados ao contato com ferramentas, objetos cortantes, dentre outros.

Portanto medidas tomadas durante os primeiros minutos de uma emergência cardíaca, por exemplo, são fundamentais. A rapidez da ação pode duplicar ou triplicar chance de sobrevivência da vítima.